Apresentando

Apresentando
Apresentando os clássicos da Sociologia ao meu lado. Da esquerda para a direita: Karl Marx, Èmile Durkheim, Max Weber e Florestan Fernandes

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Ética nas eleições de diretores, exemplo de cidadania

A escolha do diretor escolar é acompanhada de perto pelos alunos. Veja o que fazer e o que evitar para não dar mau exemplo

Em época de eleição, é comum que políticos prometam favores em troca de votos, façam acusações contra os adversários e garantam que vão cumprir o que não podem. Nós, eleitores, já conhecemos essa realidade. Mas e quando os candidatos são educadores, e parte dos eleitores, um público que está em formação? Desvios de conduta em eleições para diretores de escolas públicas são mais comuns do que se imagina. Além do péssimo exemplo para os alunos, o fato de reproduzir práticas antiéticas pode provocar um grande mal-estar entre colegas de trabalho. E - diferentemente do que acontece na política - na escola os vitoriosos e os derrotados se encontram diariamente e devem constituir uma equipe de trabalho cooperativa.
Fonte: Revista Nova Escola

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

UTILIDADE PÚBLICA: INSCRIÇÕES CURSOS TÉCNICOS DO CEP

O COLÉGIO ESTADUAL DE PARANAVAÍ está com as inscrições abertas para os cursos técnicos em Administração, Informática e Formação de Docentes (antigo magistério). Garanta já a sua vaga. O período de inscrições vão até o dia 30 de setembro. Mais informações na Secretaria do Colégio, fone (44)3423-6311.

sábado, 24 de setembro de 2011

Enem poderá ser obrigatório

O ministro da Educação, Fernando Haddad, disse nesta segunda-feira 12 que a universalização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) faria da prova um melhor  indicador da qualidade do ensino. Atualmente o exame é voluntário. O Plano Nacional de Educação (PNE), que tramita no Congresso Nacional, prevê que o Enem se torne um componente do currículo e, portanto, obrigatório.
No ano passado, 56% dos concluintes do ensino médio fizeram a prova. Outras avaliações aplicadas pelo Ministério da Educação, como a Prova Brasil, são universais.
“Seria uma atividade obrigatória para a conclusão dos estudos. Não significa que o estudante precisaria atingir uma nota específica, mas a mera participação [seria suficiente]. Seria como o Enade [Exame Nacional de Desempenho de Estudantes] em que todos os alunos são convocados a fazer a prova e obrigados a participar”, disse.
Haddad avaliou que “ainda nesta década” o Enem deve acabar com os vestibulares. Desde 2009, a prova passou a ser usada como critério de seleção por parte das universidades públicas, o que fez crescer o número de inscritos no exame. Para o segundo semestre de 2011, foram oferecidas 26 mil vagas em 48 instituições públicas de ensino superior, por meio do Enem, no Sistema de Seleção Unificado (Sisu).

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

MEC apresenta proposta para deixar aluno mais 20 dias por ano na escola

 O ministro da Educação, Fernando Haddad, apresentou nesta quarta-feira (21) em Brasília o resultado de uma pesquisa que levou o MEC a avaliar o aumento de até quatro semanas no calendário letivo da educação básica do país no sistema público e privado. Atualmente, o Brasil tem 200 dias, como prevê a Lei de Diretrizes e Bases (nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996) no ano letivo e carga horária de 800 horas. O ministro propõe um amplo debate sobre a ampliação da carga horária escolar para 220 dias ao ano.
"Sempre que o MEC se vê diante de uma evidência forte que algo pode melhorar a partir da descoberta de um estudo temos que perseguir este objetivo", disse Haddad. O ministro vai discutir a proposta com secretários de educação estaduais e municipais. Ele espera concluir o debate este ano para que a proposta seja encaminhada ao Congresso Nacional em 2012 para votação. "Nenhum país com bom desempenho tem uma carga horária de 800 horas", disse o ministro. "O Chile tem carga de 1.200 horas por ano e o nosso desempenho hoje é equivalente ao que o Chile tinha no ano 2000."
Veja a matéria na íntegra na página do G1
***comentário do Professor Carlos***
O Ministro comete um erro homérico em comparar o Brasil com países desenvolvidos como o Chile por exemplo, que investe 7,5% do seu Produto Interno Bruto (PIB) em educação. Uma cifra considerável que supera vários países desenvolvidos como a Finlândia ou os Estados Unidos, entre outros e até o ano 2015 deverá superar 10% do seu PIB em Educação. Portanto o Brasil avançou sem dúvida em Educação, mas reconhecemos, todos nós, que o avanço é muito tímido comparado com os nossos vizinhos latinos, como Argentina, Uruguai e Chile. 

terça-feira, 20 de setembro de 2011

CONVITE ESPECIAL PARA O DIA DA ÁRVORE - 21 DE SETEMBRO

CONVITE COMEMORAÇÃO AO DIA DA ÁRVORE
A Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Paranavaí convida a todos, para participar da Caminhada em comemoração ao Dia da Árvore que terá como ponto de partida o Ginásio de Esportes Lacerda Braga passando pelas avenidas Salvador, Curitiba e término na Av. Belo Horizonte.
Contamos com a participação de todos.
LOCAL DE INÍCIO: GINÁSIO LACERDINHA
DATA: 21 DE SETEMBRO DE 2011
HORÁRIO: 17:30 HORAS

UTILIDADE PÚBLICA - PROVÃO DO CEEBJA NO PRÓXIMO SÁBADO


 CANDIDATOS AO PROVÃO!
Atenção! A prova será sábado próximo, dia 24.09.2011, a partir das 7h e 45min. Haverá 15 questões em cada disciplina. Para concluir uma disciplina, o candidato deverá acertar 60% das questões. Na avaliação de Língua Portuguesa, o candidato fará também o texto escrito.


CEEBJA NEWTON GUIMARÃES – EFM
EXAMES DE EJA – PROVÃO

ETAPA 92ª - CONVENCIONAL

DATA DA PROVA: 24/09 (SÁBADO)

DIVULGAÇÃO DO RESULTADO: 04/11

HORÁRIO DAS PROVAS:

ENSINO FUNDAMENTAL

MANHÃ – 07H E 45MIN – MATEMÁTICA, CIÊNCIAS,GEOGRAFIA E HISTÓRIA.
TARDE – 13H E 15MIN – LÍNG. PORTUGUESA, INGLÊS, ARTE E EDUCAÇÃO FÍSICA. 

ENSINO MÉDIO

MANHÃ – 07H E 45MIN – MATEMÁTICA, FÍSICA, QUÍMICA, BIOLOGIA,
 FILOSOFIA E SOCIOLOGIA.
TARDE – 13H E 15MIN – LÍNGUA PORTUGUESA, INGLÊS, HISTÓRIA,  GEOGRAFIA,
ARTE E EDUCAÇÃO FÍSICA. 

 BOA PROVA A TODOS E TODAS!

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

O ensino de valores na escola

Publicado em 24/08/2011 | MARCELA CAMPOS
CONSENSO
Alguns valores morais são subjetivos e variam conforme a concepção ideológica das famílias. Mas parece haver consenso sobre a necessidade de desenvolver determinadas virtudes, como justiça, generosidade, honestidade e respeito ao próximo. “Outra virtude na qual acho que temos de insistir é a temperança, que vem dos gregos e tem a função de moderar o prazer. A temperança diz que tenho, por exemplo, de comer com medida, com hora, e dizer não ao comodismo. A criança precisa ser educada para o sacrifício, do contrário só vai se atrair pelo que é efêmero”, afirma Malheiro.
A identidade e os princípios da escola devem estar descritos no seu Projeto Político Pedagógico (PPP), documento que pode ser solicitado pelos pais. No entanto, a teoria nem sempre é posta em prática, ressalta Yves de La Taille, especialista em Psicologia Moral e professor do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo. “A maioria das escolas coloca no PPP que trabalha com valores. Mas os pais têm dois jeitos de saber se há realmente essa preocupação: perguntando para alunos e pais de estudantes, e durante a própria atividade escolar, ficando de olho no que acontece”, diz.
Veja a reportagem na íntegra na GAZETA DO POVO

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

ENEM - Colégio Estadual de Paranavaí lidera entre as PÚBLICAS.

Apesar do Ensino Médio Público Nacional não apresentar bons resultados com relação aos anos anteriores e não participar do grupo das melhores Escolas do Brasil. Em Paranavaí precisamos reconhecer e parabenizar o trabalho realizado pelos nossos alunos, professores e funcionários do Colégio Estadual pela pontuação na REDAÇÃO 587 e com a pontuação final apresentada no ENEM, alcançando 543,09 superando a média estadual de 543 e a nacional que foi 537. Para os próximos anos, tenho certeza que vamos superar a meta estabelecida no Estado e no Brasil,  além de aumentar a participação dos alunos na realização das provas, que de acordo com o INEP, ficou abaixo de 25%. Veja abaixo a pontuação e a taxa de frequência das Escolas Públicas de Paranavaí-PR.


COLÉGIO
PONTUAÇÃO
1º Col. Est. de Paranavaí
546,9
2º Col. Marins A. Camargo
532,89
3º Col. Adélia R. Arnaldi
524,93
4º Col. Enira M. Ribeiro
513,98
5º Col. Sílvio Vidal
513,68
6º Col. Flauzina D. Viegas
513,42
7º Col. Bento Munhoz da R. Neto
509,81
8º Col. Leonel Franca
492,76
9º Col. José de Anchieta
483,85

COLÉGIO
TX. FREQUENCIA  %
Col. Leonel Franca
55
Col. José de Anchieta
52
Col. Marins A. Camargo
51
Col. Enira M. Ribeiro
46
Col. Bento Munhoz R. Neto
38
Col. Adélia R. Arnaldi
31
Col. Flauzina D. Viegas
27
Col. Estadual de Paranavaí
22
Col. Sílvio Vidal
17
Fonte: INEP