Apresentando

Apresentando
Apresentando os clássicos da Sociologia ao meu lado. Da esquerda para a direita: Karl Marx, Èmile Durkheim, Max Weber e Florestan Fernandes

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Novas perspectivas acerca da Semana Pedagógica 2011

A semana Pedagógica nas Escolas da Rede pública deste ano, acontece entre os dias 01 e 07 de fevereiro, sendo os dois primeiros dias destinados à distribuição de aulas extraordinárias para professores QPM. apresentação do Projeto Político-Pedagógico e do Regimento Escolar. Será também um momento para o planejamento anual das disciplinas da grade curricular. Os dias 03, 04 e 07 de fevereiro de 2011 ficam reservados para discussões de textos e vídeos encaminhados pela SEED. A Semana Pedagógica este ano, após a era Requião, traz como novidade: primeiro, uma fala importante do Governador Beto Richa e do Secretário da Educação Flávio Arns, onde estabelecem, de maneira clara e objetiva, as metas gerais para a Educação já pra este ano, ou talvez para o decorrer do mandato, dando ênfase na busca pela Qualidade do Ensino e da valorização do Professor com aumento se salário e formação continuada adequada à formação docente. Bom, até aí tudo bem, quanto ao material disponibilizado, já é notório a mudança nas entre linhas do modelo educacional adotado pelo Governo anterior, fica evidente na própria referência bibliográfica dos teóricos da Educação. Portanto, aos educadores (as) desejo uma semana muito produtiva e principalmente reflexiva e como diz o nosso secretário Flávio Arns, "esta semana será apenas um aquecimento"...
Veja o vídeo de apresentação para a Semana Pedagógica 2011.
Orientações gerais para a Semana Pedagógica 2011, clique aqui.

Degradação do Patrimônio Público: de quem é a culpa?

Destaque para a frase: "Construindo o futuro".
A Lei da Ação Popular (Lei 4.717, de 29.6.65) define Patrimônio Público, em seu artigo 1º, parágrafo 1º, como o conjunto de bens e direitos de valor econômico, artístico, estético, histórico ou turístico pertencentes aos entes da administração pública direta e indireta. 
Patrimônio Público, já foi tema de inúmeras teses defendidas, vários pensadores da Antropologia, da Ciência Política, historiadores e sociólogos tem se debruçado sobre o tema, que carrega em si o fenômeno de ser histórico, ou seja, é antigo e atual ao mesmo tempo, pois convivemos em nossas relações sociais, com o Patrimônio Público, seja ele histórico material ou imaterial. Ao perpassar por alguns estudos, encontramos algo que é consenso entre os estudiosos: o fato preocupante está na conservação do Patrimônio pelos indivíduos de uma mesma sociedade, e outro consenso, está na culpabilidade dos estragos patrimoniais, neste último, encontramos a solução que parece simplória que reside, exclusivamente, na  Educação. Marx via na Educação a grande solução para romper o abismo da alienação, demonstrado ser através da Educação a solução de liberdade da classe trabalhadora das armadilhas do capitalismo. Trazendo a discussão para a questão do Patrimônio, colocamos a seguinte situação como exemplo concreto: saberá uma criança definir o bom senso, a ética, a moral se tão pouco conhece os mais básicos dos ensinamentos transmitidos pelos seus pais? Ou seja, a Educação voltada para a emancipação da cidadania completa deve almejar uma transmissão de conhecimento capaz de compreender a importância da memória coletiva, e mais, os indivíduos precisam se deparar consigo mesmo no processo coletivo social, fazer parte e se auto-construir nas relações sociais. Como cobrar apenas do poder público  se este é feito de pessoas integrantes de uma mesma sociedade, não devemos tratar o poder público como algo transcendental, abstrato e neste caso, identificar de quem é a culpa é nos identificarmos como participantes do desenvolvimento da nossa sociedade. e evidenciar a ineficácia do aparato governamental em fazer algo que deveria ser a preocupação primeira, que é a educação para a cidadania, conservar, manter e disseminar a preservação da memória coletiva. 



quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Abaixo-assinado prevê mesmo índice de reajuste dos senadores para professores das redes públicas

Para: Câmara Federal e Senado

Os senadores Cristovam Buarque e Pedro Simon apresentaram hoje (16/12/2010), projeto de lei estendendo o mesmo reajuste salarial concedido aos senadores para o Piso Salarial Profissional Nacional para os professores da educação básica das escolas públicas brasileiras. 
Com o reajuste de 61,78% do aumento dos senadores, o piso salarial dos professores passará de 1.024,00 para R$ 1.656,62, valor inferior ao valor pago aos parlamentares a cada mês: R$ 26.723,13. 
Para o senador Cristovam Buarque, a desigualdade salarial é substancial, talvez a maior em todo o mundo, com conseqüências desastrosas para o futuro do Brasil. 
Na opinião do senador, a aprovação do reajuste de 61,78% para os professores da educação básica permitirá, ao Senado, uma demonstração mínima de interesse com a educação das nossas crianças e a própria credibilidade da Casa. 

Para assinar o documento e participar acesse o link http://www.peticaopublica.com.br/?pi=P2010N4645.

EUA: caldo de cultura fascista

ESCRITO POR *FREI BETTO  


Caldo de cultura é quando fico atado a um videogame treinando matar figuras virtuais. Segundo a Newsweek, o videogame mais vendido nos EUA em 2010 foi o Grand Theft Auto 3 (GTA) – em tradução livre, "O grande roubo de carros 3". O jogador progride quanto mais crimes comete. Se o jogador rouba um carro e mata um pedestre, a polícia passa a persegui-lo. Se atira no policial, o FBI aparece. Se assassina o agente federal, os militares entram no caso...
Caldo de cultura é quando meu irmão luta no Afeganistão, assim como meu pai fez no Iraque e meu avô no Vietnã.
Caldo de cultura é, aos 23 anos, entrar numa loja e comprar, sem a menor burocracia, uma pistola Glock 9mm e um pente extra que me permite disparar 33 tiros seguidos sem precisar descarregar – como fez Jared Lee Loughner, em Tucson (Arizona), no dia 8 de janeiro, matando seis pessoas, entre as quais o juiz federal John M. Roll, e ferindo gravemente várias, inclusive a deputada democrata Gabrielle Giffords.
Os EUA estão num impasse. A eleição de um presidente negro com discurso progressista não foi digerida por amplos setores racistas e conservadores. O que deu origem ao mais recente caldo de cultura fascista – o Tea Party, liderado por Sarah Palin, ex-governadora do Alasca e candidata a vice-presidenta pelo Partido Republicano em 2008.
Obama é uma decepção para muitos de seus eleitores. Nas eleições legislativas de novembro foi alta a abstenção entre jovens, negros e latinos que nele votaram. Não parece saber lidar com a crise econômica que afeta o país desde 2008. Muitos perderam suas casas devido ao estouro da bolha especulativa; 8,5 milhões de trabalhadores ficaram sem emprego e 8 milhões carecem de seguro-desemprego. O próprio governo admite que em 2012 a taxa de desemprego ultrapassará 8%.

Veja o texto na íntegra no site do Correio da Cidadania
**Frei Betto é escritor, autor de "Cartas da Prisão" (Agir), entre outros
livros.http://www.freibetto.org/ - twitter:@freibetto

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Rádio e TV exibem Programa Nacional do PDT

Nesta quinta, dia 27 de janeiro, às 20:30 assista ao Programa Nacional do PDT nas emissoras de  rádio e TV de todo o Brasil. Neste primeiro semestre,  segundo determinação do Tribunal Superior Eleitoral, o PDT também terá direito a inserções nos dias 17, 19, 22 e 24 de fevereiro. 

Parabéns São Paulo pelos seus 457 anos!

Em 25 de janeiro de 1554, José de Anchieta e Manuel da Nóbrega criaram a povoação de São Paulo, hoje uma das principais cidades do mundo.
E para homenagear São Paulo, convido os amigos (as) a ouvirem um samba do Eterno Adoniran Barbosa:

FHC ensina, de Genebra, como Dilma deve proceder com a questão das drogas ilícitas

Por Wálter Maierovitch, da Carta Capital


Foto: Agência Brasil
O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso está em Genebra. De Genebra, concedeu entrevista ao jornal O Globo, publicada na edição de hoje.
De Genebra e não de Ciudad Juarez, o ex-presidente FHC disse ser preciso “esclarecer Dilma sobre a questão das drogas” antes que o “país assuma uma posição reacionária sobre o tema”.
Sobre adotar medidas reacionárias sobre políticas para contrastar o fenômeno das drogas o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso é um grande especialista. Um professor também nessa matéria. Basta verificar o que fez nos seus oito anos de presidência.
Fernando Henrique Cardoso constituiu, com outros grandes mestres da incompetência, como os ex-presidentes César Gaviria da Colômbia e Ernesto Zedillo do México, uma comissão-palanque. FHC estava incomodado com a projeção internacional de Lula e precisava arrumar um palanque, cujos temas não fossem, por exemplo, privatarias, quebra da economia, etc. Nos seus oito anos de mandato, FHC legou ao país um arremedo de legislação sobre drogas ilícitas.
Mais ainda. FHC, pela sua secretraia nacional antidrogas sob comando de um general não especializado no tema drogas, mandou copiar e incorporar, –como informado pelo jornalista Fernando Rodrigues da Folha de S.Paulo e ex-correspondente em Washington–, o plano de política norte-americana para contraste ao fenômeno das drogas proibidas.
Veja a matéria na íntegra na Carta Capital.

sábado, 22 de janeiro de 2011

Dia 22 de janeiro - Aniversário de Brizola

Prefiro as homenagens póstumas para pessoas como Brizola, mas nesse caso, resolvi abrir uma exceção. Leonel de Moura Brizola faria 89 anos no dia 22 de janeiro. O PDT e todos os nacionalistas homenageiam o grande líder trabalhista, relembrando o 89º aniversário de nascimento. Brizola se elegeu governador por três vezes: uma pelo Rio Grande do Sul, sua terra natal; e duas vezes pelo Rio de Janeiro, sendo um dos homens mais perseguidos pelo ódio implantado no país a partir de 1964. Como forma de reverenciar a memória do líder trabalhista, o presidente nacional do PDT e ministro do Trabalho, Carlos Lupi, solicitou a celebração de missa para reverenciar a memória de Brizola que ocorrerá em Brasília. A missa será celebrada no dia 26, às 18h, na Catedral principal da praça dos três poderes.


Veja o vídeo e conheça um pouco mais da luta e determinação do grande defensor do povo brasileiro.




Olha a repercussão negativa das aposentadorias dos ex-governadores

O Senador Álvaro Dias, pediu um tempo para se explicar, com relação à sua aposentadoria como ex-governador, mas mesmo assim não conseguiu convencer. Disse que desde novembro do ano passado faz doações a uma instituição de caridade da capital, mas o curioso é que ao apresentar os recibos, os mesmos, são datados de 2011, neste caso, ao moralista Senador, mando uma frase: "faça o que eu mando, mas não faça o que eu faço". Para um bom político não basta ser honesto, é preciso parecer honesto, as vezes mesmo agindo dentro da lei, para o político é preciso abdicar, abrir mão de certas vantagens e comodidades, afinal é dinheiro público que está em jogo, e mesmo com essa história de doação, a não ser quando esta é feita de forma anônima, quem ganha é sempre quem doa, no caso o político, que de caridoso só tem o "gogó" (sem generalizações).
Veja a manchete de um jornal Angolano:

No Brasil, políticos sem escrúpulos, fazem ‘farra de aposentadoria’ com dinheiro do povo
No Brasil, apesar de desde 2007, o Supremo Tribunal Federal considerar inconstitucional qualquer pagamento de aposentadoria/pensão a ex-governadores, políticos promovem uma verdadeira ‘farra inescrupulosa de benefícios’ às custas do suado, sofrido e minguado dinheiro do povo.
O senador Alvaro Dias, por exemplo, - o mais veemente e contundente critico dos gastos públicos durante os oito anos do governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva - quer receber do Estado do Paraná, no Sul do Brasil, valores retroativos de aposentadoria por ter sido governador de 1987 a 1991.
Se conseguir o que solicitou, Alvaro Dias vai acrescentar cerca de R$ 1,6 milhão (13 salários anuais) ao seu patrimônio de R$ 1,9 milhão, conforme declarado à Justiça Eleitoral em 2006. 
Alvaro Dias já é aposentado como ex-governador do Paraná, e desde outubro do ano passado já recebe a bagatela de R$ 24,8 mil todo mês. Além desse valor, ele mais R$ 26,7 mil todo mês, por ser senador da República. 
No total, como ex-governador e atual senador do Paraná, Alvaro Dias recebe algo em torno de R$51.500,00 (Cinquenta e Hum Mil e Quinhentos Reais), enquanto um brasileiro comum, que trabalha sob sol escaldante e chuva torrencial, recebe R$ 510,00 (Quinhentos e Dez Reais).
Se feita uma simples conta matemática, Alvaro Dias recebe, por meses, 103 vezes mais que um braçal que votou nele para governador e senador.

Veja a matéria na íntegra no site: zwelangola

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Aniversário de morte de Lênin

Vladimir Ilitch Ulianov, era o seu nome de batismo, Lênin, era nome de um rio que ficava perto de sua casa, e foi lhe dado ainda criança e permaneceu até a sua morte no dia 21 de janeiro de 1924aos 53 anos nas proximidades da capital russa. A causa oficial foi arteriosclerose cerebral. Líder da Revolução Russa de 1917, ele criou uma corrente de pensamento, chamada de marxismo-leninismo, que influenciou partidos comunistas do mundo todo, inclusive o Brasil, na época de Luis Carlos Prestes. Sua saúde sempre foi frágil e, nos dois últimos anos de vida, Lênin sofreu vários derrames que acabaram por tirar sua capacidade de falar e escrever. Seu corpo foi embalsamado e exposto à visitação pública em um mausoléu na praça Vermelha, em Moscou. 

"É preciso sonhar mas com a condição de crer em nosso sonho, de observar com atenção a vida real, de confrontar a observação com nosso sonho, de realizar escrupulosamente nossas fantasias. Sonhos, acredite neles." (1870-1924)


fonte: livro: Lênin — A Biografia Definitiva, Robert Service, Difel, 2006. - Relato detalhado da vida do líder soviético.

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Juros sobem para meio ponto porcentual, para 11,25%

O Economês, não sai dos noticiários, mas a mídia televisiva principalmente, tem pouco interesse de explicar aos telespectadores. Toda vez que ocorre queda ou aumento nos juros da nossa economia, ou quando se fala em "conter a inflação", sabemos que uma boa parte da nossa população não entende muito o que de concreto pode afetar a vida dos cidadãos. Portanto, achei uma boa e didática explicação conceitual de algumas siglas que irão invadir os programas jornalísticos dessa semana.
Retirado da Folha de São Paulo:
TAXA DE JUROS
A taxa de juros é o instrumento utilizado pelo BC (Banco Central) para manter a inflação sob controle ou para estimular a economia. Se os juros caem muito, a população tem maior acesso ao crédito e consome mais. Este aumento da demanda pode pressionar os preços caso a indústria não esteja preparada para atender um consumo maior.
Por outro lado, se os juros sobem, a autoridade monetária inibe consumo e investimento --que ficam mais custosos, a economia desacelera e evita-se que os preços subam --ou seja, que ocorra inflação.

SELIC
Selic é a sigla para Sistema Especial de Liquidação e Custódia, criado em 1979 pelo Banco Central e pela Andima (Associação Nacional das Instituições do Mercado Aberto) com o objetivo de tornar mais transparente e segura a negociação de títulos públicos.
O Selic é um sistema eletrônico que permite a atualização diária das posições das instituições financeiras, assegurando maior controle sobre as reservas bancárias.
Hoje, Selic identifica também a taxa de juros que reflete a média de remuneração dos títulos federais negociados com os bancos. A Selic é considerada a taxa básica porque é usada em operações entre bancos e, por isso, tem influência sobre os juros de toda a economia.
COPOM
O Copom foi instituído em junho de 1996 para estabelecer as diretrizes da política monetária e definir a taxa de juros.
O colegiado é composto pelo presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, e os diretores de Política Monetária, Política Econômica, Estudos Especiais, Assuntos Internacionais, Normas e Organização do Sistema Financeiro, Fiscalização, Liquidações e Desestatização, e Administração.
O Copom se reúne em dois dias seguidos. No primeiro dia da reunião, participam também os chefes dos seguintes: Departamento Econômico (Depec), Departamento de Operações das Reservas Internacionais (Depin), Departamento de Operações Bancárias e de Sistema de Pagamentos (Deban), Departamento de Operações do Mercado Aberto (Demab), Departamento de Estudos e Pesquisas (Depep), além do gerente-executivo da Gerência-Executiva de Relacionamento com Investidores (Gerin).


Mais detalhes acesse a matéria completa no site da Folha On-line.


Ministério Público Federal está de olho no “Big Brother” e seus excessos

por Juliana Sada


No dia 20 de dezembro, a Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão do Ministério Público Federal (PFDC/MPF) enviou um documento à Rede Globo pedindo atenção aos direitos constitucionais e da pessoa humana na 11ª edição do reality show “Big Brother Brasil” – BBB11.
A ação foi motivada pelo alto número de denúncias que a última edição do programa recebeu. De acordo com a campanha “Ética na TV – Quem financia a Baixaria é Contra a Cidadania”, o BBB10 foi o campeão de reclamações no período entre agosto de 2009 e abril de 2010. Foram 227 denúncias que relatavam desrespeito à dignidade humana, nudez, exposição de pessoas ao ridículo e apelo sexual. De acordo com a PFDC ainda há problemas de homofobia, incitação à violência e inadequação no horário de exibição.
A Recomendação enviada à Rede Globo também adverte à emissora que observe a sua própria autorregulamentação, na qual o grupo assumiu “a missão de exibir conteúdos de qualidade que atendam às finalidades artística, cultural, informativa, educativa e que contribuam para o desenvolvimento da sociedade”. A emissora deve também tomar as medidas necessárias para evitar as violações de direitos humanos, além de veicular o programa no horário adequado, atentando para as diferenças de fusos horários e também para o horário de verão.
Violência liberada
Apesar da Recomendação enviada pelo Ministério Público, a Rede Globo não deu indícios de mudança no comportamento. Aliás, fez o contrário. Recentemente, o diretor do programa, José Bonifácio de Oliveira, conhecido como Boninho, declarou que decidiu “liberar a porrada” nesta edição de “Big Brother”.

Veja matéria completa no site da Revista Carta Capital

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Do Rio à Paranavaí

Bem, após uma merecida semana longe dos aparatos da pós-modernidade, nos resta, retomar a nossa sagrada rotina. Paranavaí, após uma semana, continua a mesma do ano passado, os mesmos buracos, a Gabriel Esperidião interditada e tudo mais... (é claro que é uma brincadeirinha), mas mesmo longe da internet, acompanhei com tristeza os últimos acontecimentos trágicos ocorridos no Rio de Janeiro, realmente uma tragédia sem precedentes, e diante do caos revela-se a incapacidade do Estado frente às catástrofes naturais e o que preocupa, é saber que muitas iguais ou até mesmo piores, virão por aí, isto segundo pesquisadores do Centro de Geologia da Universidade de São Paulo.
Professor Pedro Baraldi
Outro assunto, que eu não poderia deixar de comentar, é em relação ao novo chefe do Núcleo Regional de Educação de Paranavaí, o Professor Pedro Baraldi, que a partir desta semana já estará respondendo pela pasta. Bem, primeiro, esse negócio de chefe, quero dizer essa nomenclatura, ao meu ver, está ultrapassada, na Educação não pode haver chefes e sim Educadores, acredito, que a hierarquia na área da Educação faz decair a qualidade que se espera. Outro ponto, é com relação à expectativa que nós Educadores temos em relação ao Professor Pedro Baraldi, o que mais se espera é o comprometimento com a qualidade da Educação Pública, Gratuita e de Qualidade. Quanto às minhas expectativas, digo que são as melhores possíveis, afinal, não vou aqui julgar a sua atuação anterior em outras secretarias e órgãos, mesmo porque, o o nosso olhar está voltado nesse momento para a chefia do NRE. Atuar na Educação Básica da Rede Pública é uma realidade onde o desafio é muito grande, talvez bem maior do que o Ensino Superior, no qual o Professor já conhece bem, portanto, nos resta, acreditar que tempos melhores virão e  desejar boa sorte ao professor Baraldi nessa nova empreitada.


sábado, 8 de janeiro de 2011

"É Só uma semaninha"!

O grande desafio, em tempos de globalização acelerada, e tecnologia em alta, fica difícil desprender-se da rotina introjetada pelo modelo capitalista, portanto, resolvi fazer a experiência: uma semana sem os aparatos da pós-modernidade. Aos amigos (as) do blog, fica o meu convite, faça algo diferente, aprecie a natureza que Deus nos deixou! Um grande abraço!

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

"SAS EM PARANAVAÍ"!

Calma minha gente, o título não corresponde com a realidade, ainda há muita luta, e como diz o ditado: muita água vai passar debaixo dessa ponte, na verdade, é apenas a divulgação da relação dos médicos (as) que passarão a atender aqui em Paranavaí. O pólo continua em Sarandi - Pr.
Lista encaminhada pelo meu amigo Nivaldo Rocha que responde pela Secretaria de Imprensa e Divulgação da nossa APP aqui de Paranavaí.
RELAÇÃO DOS MÉDICOS (AS) QUE ESTÃO ATENDENDO EM PARANAVAÍ PELO SAS.
CLÍNICA GERAL: Dra. Gisele Siriani
OFTALMOLOGIA: Dr. Rubens Costa Monteiro
PEDIATRIA: Dra. CristianeConsalter
GINECOLOGIA: Dr. Sari Omar e Dra. Ana Cláudia
CARDIOLOGIA: Dr. Alberto Xavier
LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLÍNICAS: SANTA CASA DE PARANAVAÍ
ULTRASSONOGRAFIA: DIGIMAGEM (HOSPITAL SÃO LUCAS)

RAIO X:  TEC-IMAGEM (CLÍNICA SANTA MARGARIDA)
URGÊNCIA E EMERGÊNCIA: SANTA CASA DE PARANAVAÍ
**MAIS INFORMAÇÕES**:  SÍLVIA: 3423-9122

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Investimento por aluno será maior no Governo Dilma

O Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) deve ter uma receita de R$ 94,48 bilhões em 2011 – um aumento de 13,7% em relação a 2010 (estimado em R$ 83,09 bilhões).
O valor mínimo anual por aluno previsto para 2011 é de R$ 1.722,05, contra R$ 1.414,85, em 2010.
A contribuição dos estados, do Distrito Federal e dos municípios deve atingir R$ 86,68 bilhões. A complementação da União ao Fundeb corresponde a 10% desse montante, ou seja, R$ 8,66 bilhões.
Desse total, R$ 7,80 bilhões serão repassados pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) a nove estados que não devem atingir o valor mínimo anual por aluno com sua própria arrecadação: Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco e Piauí. Outros R$ 866 milhões estão reservados para complementar o pagamento do piso salarial de professores e financiar programas de melhoria da qualidade da educação. MAIS...

Para esclarecer, resumidamente, FUNDEB significa: Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação), é responsável pela aplicação do dinheiro público na educação do país, visando Ensino de Qualidade para os alunos da rede Pública, melhores condições de trabalho para os Professores e para os materiais utilizados em sala de aula para que sejam bem elaborados com conteúdos que façam com que os alunos aprendam de verdade.



segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Le Monde - Dilma o seu legado e desafios

A imprensa internacional, mais imparcial com relação à do Brasil, deu um grande destaque e reconhecimento à sucessão presidencial , principalmente pelo fato de termos uma democracia recente,  pois, reconhecemos, que  eleger um metalúrgico, sindicalista das bases populares mantido por oito anos no governo, e conseguir a façanha de alcançar 87% de aprovação e deixar como legado a sucessão presidencial a uma mulher, sem dúvida, nem em democracias mais consolidadas do velho mundo ocorre tal fato.

Veja alguns trechos da matéria do Jornal Francês Le Monde:

"Um trabalhador, uma mulher. Pela segunda vez, a democracia brasileira, uma vez que abusou, hoje vibrante, inova com a felicidade. Sábado, 1 º de janeiro, o ex-metalúrgico "Luiz Inácio Lula da Silva vai render seu assento , Dilma Rousseff, o ex-guerrilheira, tornou-se uma economista e tecnocrata, eleito há dois meses, a primeira mulher presidente do Brasil".

"O novo presidente conta com o legado de seu antecessor. Uma democracia consolidada, livre da inflação, a riqueza agravado pelo aumento dos preços das commodities. Crescimento, emprego, consumo, moeda: os principais indicadores do Brasil é verde. Com a vantagem adicional de um fabuloso tesouro que dorme de petróleo ao largo da costa."

"Além disso, o realismo econômico ousadia relação social. Graças a uma dinâmica envolvente e uma série de tarefas domésticas, quinze milhões de brasileiros têm, por oito anos, escapou de desemprego, integrado na economia formal e deixaram de ser pobres ou muito pobres. Eles se juntaram ao exército crescente de classes médias, ávidos de possuir, consumir e viver melhor".

"Lula deixar para novo presidente do país escutado e respeitado na arena internacional. Brasil está se tornando um grande jogador que recebe um monte de elogios e algumas críticas já, por exemplo, sobre sua aproximação com o regime de Teerã. Neste domínio, "Dilma" começou a ser ouvido expressar suas diferenças com a força de sua preocupação com os direitos humanos, especialmente os das mulheres no Irão e noutros países".

Veja na íntegra clicando em: Le Monde
E para homenagear o nosso ex- presidente Lula, assista o vídeo abaixo:

sábado, 1 de janeiro de 2011

FELIZ ANO NOVO!

"Para ganhar um Ano Novo

que mereça este nome,

você, meu caro, tem de merecê-lo,

tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil,

mas tente, experimente, consciente.

É dentro de você que o Ano Novo

cochila e espera desde sempre".
(Carlos Drummond de Andrade 1902-1987)