Apresentando

Apresentando
Apresentando os clássicos da Sociologia ao meu lado. Da esquerda para a direita: Karl Marx, Èmile Durkheim, Max Weber e Florestan Fernandes

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Professor Alziro sai na frente em Paranavaí e Região

Eu já tenho dito aqui neste blog e tenho deixado bem claro, que apoio o Professor Alziro para Deputado Federal pela sua ligação direta com a Educação. Mas hoje, fui um pouco mais além, pois, como não é comum entre os candidatos a Deputados Federais, o hábito de debatem ou expor suas idéias, para seus eleitores, tendo em vista a importância do cargo, resolvi gravar com o Professor Alziro uma breve entrevista, informal e muito simples, mas que demonstrou, nas palavras verdadeiras, o compromisso e o comprometimento de um homem que tem no seu currículo, treze anos a frente do Colégio Estadual Bento Munhoz da Rocha Neto, (Unidade Pólo), vereador eleito com uma quantidade histórica e atual vice Prefeito de Paranavaí. Portanto, eu convido a todos (as) a ouvirem as palavras ditas pelo Candidato Alziro, que resumidamente, traça qual será sua atuação no Congresso Nacional e porque deseja resgatar a representatividade de Paranavaí e Região.

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Enquanto as pesquisas não saem, sobram artigos pela imprensa nacional

O candidato ao governo do Estado do Paraná, continua, através da sua coligação, impugnando pesquisas e afrontando a liberdade de expressão, agora já estamos na oitava, que seria do Ibope. A grande preocupação é que essa atitude poderá abrir um precedente muito desastroso, principalmente para as próximas eleições,   começando com as publicações das pesquisas de opinião pública e depois partem para outras esferas da comunicação e do jornalismo de opinião. Eu volto a insistir que a turma que coordena a campanha do candidato, joga contra, são muitas as falhas, desde o seu plano de governo até o seu discurso ensaiado. Bem, mas vamos deixar para que o povo decida de forma consciente essas eleições, vamos ver qual é o verdadeiro peso das pesquisas numa decisão eleitoral, já que não vamos recorrer aos números para escolher os nossos candidatos aqui no Paraná.

Veja o artigo que saiu na Folha de São Paulo, assinada pelo jornalista Fernando de Barros e Silva:


"Sintomático, no entanto, foi seu comentário na véspera, antes de saber que o telefonema de Serra viria a público: “Daqui a pouco, apenas um desenho a lápis será necessário para provar que o Zé Mané é o Zé Mané”. O caso está resolvido, mas será preciso muito mais do que uma nova frase de efeito para desfazer a evidência de que um outro Zé, que nada tem de Mané, buscava no ministro, a quem chamou de “meu presidente”, um aliado para reverter a tendência do julgamento.
Do episódio, fica reforçada a sensação de que os tucanos contavam com esse excesso legal para afastar uma parte dos mais pobres e menos instruídos das urnas.
E, por falar em Mané, o candidato tucano ao governo do Paraná, Beto Richa, vem contando com a mão da Justiça do Estado para barrar a divulgação de pesquisas eleitorais, entre elas duas feitas pelo Datafolha. O nome disso é censura.

Veja matéria na íntegra: Aqui

sábado, 25 de setembro de 2010

Osmar Dias assumi total liderança no Paraná

O candidato Osmar Dias, praticamente está eleito, fontes ligadas ao Beto Richa revelam que o mesmo, caiu drasticamente nas pesquisas de opinião. 
Já era de se imaginar, pelo fato de que todas as pesquisas da última semana foram impugnadas pela própria coligação do Beto, e outro fato relevante é quanto o argumento de que dados técnicos sempre estiveram errados, neste caso, penso que Osmar Dias na verdade nunca esteve em baixa nas pesquisas.

Está no blog do Noblat:
O trabalhista Osmar Dias assumiu a liderança na disputa pelo governo do Paraná.
O tucano Beto Richa está impedindo, na Justiça Eleitoral, que sejam divulgadas as mais recentes pesquisas do Ibope, do Datafolha e do Vox Populi.
Saiu no Jornal, O Globo, matéria está no blog do Noblat

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

SAS: região de Loanda pode ficar fora da nova licitação com o hospital de Sarandi

Apesar da mobilização encabeçada pelo núcleo sindical de Paranavaí da APP-sindicato, através de abaixo-assinados e frequentes reuniões com os dirigentes do sas em curitiba e diretores do hospital  metropolitano  de Sarandi,  para a reinclusão da mesorregião de Loanda à macrorregião de Maringá, o novo contrato de atendimento à saúde dos servidores pertencentes à macrorregião de Maringá não prevê a descentralização para o atendimento em Loanda. Se isto se concretizar, os servidores desta região continuarão sendo atendidos em Umuarama e sem perspectivas de atendimento na cidade de loanda, pelo menos a curto e médio prazo. Vale esclarecer ainda que, em reunião com a app, os diretores da casa de saúde e maternidade de Loanda, manifestaram o interesse em negociar com o hospital Sarandi e enviaram ofício para o SAS e demais órgãos responsáveis tornando público este interesse.

A licitação vai acontecer nesta quinta-feira, dia 23 de setembro às 15h00 em Curitiba.

A APP, em conjunto com outras categorias dos servidores públicos da região, está conclamando os servidores para uma grande mobilização para reverter esta situação. Entrem em contato com seus representantes políticos: prefeitos, vereadores, deputados estaduais, federais, senadores (telefone, fax, e-mail) e cobrem uma posição destas autoridades sobre este descaso para com os servidores estaduais da nossa região. Obs.: não está descartada a possibilidade de uma manifestação na quinta-feira na licitação em Curitiba. Se a categoria manifestar interesse, o núcleo sindical de Paranavaí disponibilizará meios de transporte para Curitiba.

 Mais informações: (44) 3423-1265

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Sociologia e Filosofia em Crise no Estado de SP

O Vice Presidente da República, José Alencar, no momento da sanção presidencial da lei da Obrigatoriedade do Ensino de Sociologia e Filosofia nos crrículos do Ensino Médio em 2 de Junho de 2008.
  
Uma conquista de quase cem anos de luta, no Estado de SP continua sob ameaça. Forças conservadoras e retrógradas, governado por tucanos há 16 anos, ainda tentam nos impor uma derrota contra o Ensino de Sociologia e Filosofia nas Escolas Médias de Campinas. O Sinsesp, que organizou com outras entidades desde 1997, uma luta e resistência nacional para fazermos valer a obrigatoriedade do ensino e mudarmos a LDB, publica, a seguir, importante posicionamento do Prof. Dr. Amauri, da USP, nosso ex-diretor, em defesa do ensino de Sociologia.  

Veja matéria completa no blog do meu amigo e colega da Universidade de Londrina, Edecarlos Brisola

O Paraná precisa de Cultura?

No Debate de ontem na RIC, o candidato Beto Richa demonstrou de uma vez por todas que não compreende o que é Cultura e nem tampouco de Educação; disse que "o Paraná não tem cultura" e que enquanto governador irá levar a "cultura" para para o povo do Paraná". Tudo bem que ele desconhece o conceito sociológico de Cultura Popular, Cultura Erudita, Indústria Cultural e Cultura de Massa, mas dizer que Paraná não tem cultura e precisa levar cultura até as pessoas, não dá pra aceitar de quem alega ser um dos maiores gestores públicos do mundo, "testado e aprovado".
O candidato Beto Richa perdeu a grande oportunidade de terminar o seu mandato na prefeitura de Curitiba, para depois sim dizer que a sua gestão foi "testada e aprovada como repete o tempo todo. 

"As correntes que pensam a Cultura Popular como algo que precisa ser conservado do mesmo jeito para sempre não consideram a existência das transformações culturais e sociais nem a interação inevitável que existe entre o culto e o popular, entre o campo e a cidade, entre o tradicional e o moderno". ( Regina Aída Crespo, mestre em Toria Literária pala Unicamp- SP. Doutora em História Social pela USP. professora dos cursos de pós-graduação da Universidade Nacional Autónoma de México.) 

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Professores estão com Osmar Dias

5 MIL PROFESSORES NA MARCHA DE OSMAR DIAS EM CURITIBA; ASSISTA O VÍDEO:

O centro de Curitiba foi tomado na manhã deste sábado (18) por cinco mil professores em apoio a Osmar Dias, candidato ao governo do estado pelo PDT.


Está no blog do: ESMAEL

sábado, 18 de setembro de 2010

Carreata simultânea une o PR pela vitória de Osmar Dias


A maior mobilização política da história do Paraná aconteceu na manhã deste sábado (18) em todo o Estado. A partir das 10 horas, os 399 municípios paranaenses foram sacudidos, simultaneamente, com carreatas, buzinaços, adesivaços, faixas e bandeiras em apoio à candidatura de Osmar Governador.

     Muita festa, alegria e motivação contagiaram os 399 municípios do Paraná na maior mobilização política da história do Estado na manhã deste sábado. Todas as cidades paranaenses realizaram, simultaneamente, carreatas com adesivaços businaços, faixas e bandeiras, em apoio  a Osmar Dias governador.
Em todas as cidades as carreatas tiveram início às 10h. O candidato ao governo pelo PDT participou da carreata de Maringá, onde foi recebido com muita animação por populares e militantes.  Mais de 300 carros percorreram as principais ruas da cidade.

Agradeço cada paranaense por essa maravilhosa demonstração de apoio. Todo o Paraná, todas as cidades se mobilizaram para garantir a vitória no dia 3 de outubro. As pessoas estão percebendo a diferença entre o projeto de governo que nós defendemos para o futuro do Paraná e o que o outro defende", afirmou Osmar Dias.
Veja depoimentos dos eleitores: AQUI 

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Osmar Dias assumi seu compromisso com a Educação

Os sete candidatos ao governo do Estado que participaram do debate promovido pela APP-Sindicato na sexta-feira (10), assinaram uma carta onde se comprometeram com as propostas dos educadores para a educação do Paraná nos próximos quatro anos. 
A carta foi encaminhada com antecedência aos candidatos, junto com o documento final da V Conferência de Educação da APP. No término da atividade, no dia 10,  as cartas foram assinadas e entregues a direção sindical. Veja, abaixo, o texto da carta:

CARTA COMPROMISSO: Aqui



Debate dos Candidatos ao Governo 

Quase 60 mil visualizações durante transmissão 
ao vivo pela internet através do site da APP e de outras entidades parceiras
O Debate com os Candidatos ao Governo do Estado, promovido pela APP-Sindicato na última sexta-feira, teve a participação de todos os concorrentes ao cargo e movimentou o cenário político das eleições 2010.Mais de 600 pessoas lotaram o auditório do Teatro Fernanda Montenegro, em Curitiba, para acompanhar o debate que iniciou às 9h e teve transmissão em tempo real através da internet, até o final. O debate foi notícia nos principais jornais impressos do Paraná, em rádios, blogs políticos e assessorias políticas dos candidatos, com destaque para o nome da APP-Sindicato e as propostas dos candidatos para a Educação. De acordo com o levantamento técnico de acessos feitos durante as transmissões ao vivo, foram registrados 15.680 IPs diferentes, ao longo das atividades. Ao abrir o site do sindicato, o internauta tinha a opção de clicar na transmissão ao vivo e entrava direto na página com as fotos de todos os candidatos e seus respectivos partidos, podendo conferir tudo o que estava acontecendo no debate. Quase 1000 internautas ouviram a fala dos candidatos através da Rádio Web APP-Sindicato. 
Veja matéria completa: aqui

Em defesa da Escola Pública, Gratuita e de Qualidade e pela Escola em Tempo Integral.

Quero aproveitar esse espaço para me posicionar a favor de um projeto de governo apresentado no momento pela chapa do candidato Osmar Dias, e em especial pelo meu candidato por Paranavaí, a Deputado Federal, o professor Alziro Melli Lopes, (1215). Esse papel eu assumo, porque aprendi que a Educação, a margem da política é pura falsidade e hipocrisia (palavras de Lênin). Não sou daqueles que vão para onde o vento sopra, e desde muito cedo, ainda na militância estudantil, sempre tive as minhas posições claras e sempre fui cordial e respeitoso com aqueles que pensam diferente. O projeto do qual eu me refiro é o que institui a defesa da Escola Pública, Gratuita e de Qualidade e não nos moldes do neoliberalismo, ou a exemplo de São Paulo, um projeto que colocou mais de 700 mil alunos pobres nas Universidades e que estabeleceu o aumento do salário mínimo e do poder de compra, que fez investimentos em Educação como TVs pendrive (com licitações transparentes), laboratórios de informática, sala de apoio, plano de carreira, PDE, pro-funcionário, data-base, etc..recursos e reformas nas escolas, mudando a página velha da Educação no PR. a melhor merenda escolar de todos os tempos, com leite, queijo, frutas, verduras e até iogurte, a criação de 13 novas Universidades no Brasil (2 no PR e 1 em Pvaí) e 141 escolas técnicas no Paraná. Nos últimos sete anos a Escola Pública obteve inúmeras conquistas, que todos os professores são testemunhas, a Educação do Paraná hoje passa muito longe da Educação elitista e Lernista do passado e que não temos saudades e que só de pensar tem professor que passa mau.
     O projeto que defendo possui o maior programa de combate a fome e a miséria, reconhecido mundialmente, como o “Fome Zero”, “leite das crianças”, o “Bolsa Família” e o “compra Direta”, 23 milhões de brasileiros saíram da miséria e 32 milhões entraram para a classe média. Pela 1ª vez na história o governo diminuiu impostos. Foi criado o maior programa de habitação que esse País já viu; “Minha casa, minha Vida”     Crescimento econômico, garantindo melhor distribuição de renda, o maior incentivo ao pequeno produtor rural de toda a História com o “Compra Direta”. Fim da Dívida externa e muito mais...
Portanto, como professor, não posso ser imparcial, não há essa possibilidade, mas também não significa, que tudo está acabado, muito ainda falta na Educação, na Saúde e nas outras áreas, mas estamos no caminho, e não podemos errar e nem nos distrair com promessas mirabolantes e factóides criados na véspera da  eleição para amendrontar os eleitores, como a direitona historicamente sempre fez.  Vamos Paraná, Vamos!

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

O prefeito Rogério desmentiu as afirmações de Beto Richa feitas durante o horário eleitoral

O prefeito de Paranavaí, Rogério Lorenzetti (PMDB) repudiou, em nota oficial, a postura do candidato ao governo do Estado Beto Richa (PSDB), que insinuou em seu programa gratuito de TV de quarta-feira (15) à noite que a cidade não está recebendo atenção dos governos do Estado e federal. “O candidato foi infeliz nas suas declarações”, disse o prefeito. “Ele veio a nossa cidade falar de um projeto de habitação que está atrasado e insinuou que, mesmo eu sendo aliado dos governos estadual e federal, os recursos não estão vindo para a nossa cidade, mas ao lado do local onde Richa gravou o programa, havia pelo menos três grandes obras do governo do Estado: o Centro da Juventude, a Clínica da Mulher e da Criança e a Biblioteca Cidadã.” O prefeito explicou que estão em andamento em Paranavaí várias obras: a construção do CRAS, a instalação do Instituto Tecnológico Federal, o Centro de Eventos, casas populares na Coloninha, quadras cobertas, casas populares em Graciosa, entre outras.

Veja matéria completa: aqui

Encontro com professores PDE em Maringá

O candidato Osmar Dias em encontro com os professores PDE em Maringá, ontem, reafirmou seu compromisso com a qualidade do Ensino Público, e disse que irá cuidar pessoalmente da  Educação no Paraná. Osmar Dias estava ao lado do ex-governador e candidato ao senado Roberto Requião, com a secretária da Educação Yvelise Freitas de Souza Arcoverde juntamente com chefes de Núcleo e professores da Rede. Osmar frisou que o Paraná precisa continuar com a melhor educação pública do país e que já assumiu com os educadores (as) o compromisso de avançar nas conquistas. “Tudo o que foi conquistado será mantido e vamos avançar muito mais, ampliando o PDE, investindo na formação continuada, realizando concursos públicos. Os educadores têm e sempre terão o meu respeito”, sustentou.

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

CIDADÃO, CIDADANIA E POLÍTICA

Você sabia que a palavra cidadão tem origem no latim e deriva da palavra Civita (cidade) e tem relação com a palavra grega Politikos, aquele que habita na cidade, com referência às primeiras cidades gregas? 
     "A CIDADANIA expressa um conjunto de direitos que dá à pessoa a possibilidade de PARTICIPAR ativamente da vida e do governo de seu povo. Quem não tem cidadania está marginalizado ou excluído da vida social e da tomada de decisões, ficando numa posição de inferioridade dentro do grupo social" (Dalmo Dallari - livro: Direitos Humanos e Cidadania).
     "Em sua origem grega, CIDADÃO denominava o habitante da Pólis que exercia a política, ou seja, participante das discussões e das questões decisivas à Pólis (Organização, funcionamento e ordenamento jurídico), possuía direitos e deveres. Eram excluídos os escravos, as mulheres, os velhos e as crianças. Estes não possuíam cidadania. Apenas o cidadão grego participava da democracia. 
     Na época medieval, a cidadania era exercida pelo rei, pelo clero e pela nobreza. As demais classes sociais não possuíam direitos sociais, eram posses do rei.
      No Estado Moderno as revoluções sociais tinham por objetivo a busca por direitos para todas as classes sociais. Com o surgimento do Capitalismo continua a divisão de classe social, só que agora mais difusa, pois todos são iguais perante à lei.
     No Brasil, vivemos num Estado Democrático de Direito, onde exercemos a democracia mediante a participação no debate público e possuímos cidadania.
Vimos, então, que a cidadania em seus primórdios, era exercida apenas por algumas classes sociais, as detinham poder. A desigualdade social sempre gerou direitos às classes que detinham poder, os excluídos socialmente não possuíam direito a ter direitos."

(Texto extraído da apostila de Educação Fiscal , disponível no site: www.fazenda.gov.br em 2010)

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Olhar sociológico sobre a infância

     Os resultados conseguidos até agora por esse esforço coletivo de pesquisa estão reunidos no livro O plural da infância: aportes da sociologia, organizado por Anete Abramowicz e Andrea Braga Moruzzi e lançado recentemente pela EdUFSCar. Andrea é doutoranda orientada por Anete, professora do Departamento de Metodologia de Ensino da UFSCar.
     De acordo com Anete, a infância, em especial na faixa de zero a seis anos, sempre foi tema estudado de forma abundante pela psicologia. Mas, até a década de 1980, a sociologia pouco havia produzido sobre o assunto."Quando estudava a criança, fazia isso por meio de suas 'instituições zeladoras', como a família ou a escola. A criança, para além de seu métier como aluno, nasce nessa trajetória", disse à Agência FAPESP.

A partir de 1980 – e com mais intensidade na década de 1990 –, a sociologia da infância começou a se tornar um campo do conhecimento.

“Os sociólogos haviam abandonado a criança, mas nos últimos anos esse panorama foi sendo transformado e o nosso grupo na UFSCar tem trabalhado intensamente com o tema. O livro discute as múltiplas possibilidades da sociologia quando toma a criança pequena como foco”, afirmou Anete.

Veja matéria completa clicando em: 

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

NRE de Paranavaí realiza nos dias 1,2 e 3 de setembro o DEB Itinerante 2010

Está acontecendo na cidade de Nova Esperança, um dos melhores programas de formação continuada do Governo Estadual. Pelo terceiro ano consecutivo o evento proposto pela SEED - PR, vem dando bons resultados e ganhando o reconhecimento dos professores da rede pública de Ensino. Este ano, a organização do evento, realizado pelo NRE, conseguiu um número maior de oficinas a fim de beneficiar todos os cursistas, que são formados principalmente por professores da Rede Pública e também por aqueles que estão contratados pelo regime de trabalho PSS.
Nos dias, 8, 9 e 10 de setembro o DEB (Departamento de Educação Básica), Itinerante vai ocorrer em Paranavaí, no Colégio Estadual Bento Munhoz da Rocha Neto, (Unidade Pólo).

Fotos do evento: 

Simal, (cood. DEB), Akira, (jurídico do NRE),
Prof: Saul, (Chefe NRE) e Prof: Iracema, 
(Diretora do Col. São Vicente de Paula de 
Nova Esperança).


                                                     
HORA DO RECREIO...
OFicina de Multimeios: O Uso das 
Tecnologias Educacionais. Docente:
Nilva Ropelatto.