Apresentando

Apresentando
Apresentando os clássicos da Sociologia ao meu lado. Da esquerda para a direita: Karl Marx, Èmile Durkheim, Max Weber e Florestan Fernandes

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

CIDADÃO, CIDADANIA E POLÍTICA

Você sabia que a palavra cidadão tem origem no latim e deriva da palavra Civita (cidade) e tem relação com a palavra grega Politikos, aquele que habita na cidade, com referência às primeiras cidades gregas? 
     "A CIDADANIA expressa um conjunto de direitos que dá à pessoa a possibilidade de PARTICIPAR ativamente da vida e do governo de seu povo. Quem não tem cidadania está marginalizado ou excluído da vida social e da tomada de decisões, ficando numa posição de inferioridade dentro do grupo social" (Dalmo Dallari - livro: Direitos Humanos e Cidadania).
     "Em sua origem grega, CIDADÃO denominava o habitante da Pólis que exercia a política, ou seja, participante das discussões e das questões decisivas à Pólis (Organização, funcionamento e ordenamento jurídico), possuía direitos e deveres. Eram excluídos os escravos, as mulheres, os velhos e as crianças. Estes não possuíam cidadania. Apenas o cidadão grego participava da democracia. 
     Na época medieval, a cidadania era exercida pelo rei, pelo clero e pela nobreza. As demais classes sociais não possuíam direitos sociais, eram posses do rei.
      No Estado Moderno as revoluções sociais tinham por objetivo a busca por direitos para todas as classes sociais. Com o surgimento do Capitalismo continua a divisão de classe social, só que agora mais difusa, pois todos são iguais perante à lei.
     No Brasil, vivemos num Estado Democrático de Direito, onde exercemos a democracia mediante a participação no debate público e possuímos cidadania.
Vimos, então, que a cidadania em seus primórdios, era exercida apenas por algumas classes sociais, as detinham poder. A desigualdade social sempre gerou direitos às classes que detinham poder, os excluídos socialmente não possuíam direito a ter direitos."

(Texto extraído da apostila de Educação Fiscal , disponível no site: www.fazenda.gov.br em 2010)

Nenhum comentário: