Apresentando

Apresentando
Apresentando os clássicos da Sociologia ao meu lado. Da esquerda para a direita: Karl Marx, Èmile Durkheim, Max Weber e Florestan Fernandes

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

30 de Agosto de 1988.


Como fazem tradicionalmente, há mais de duas décadas, no dia 30 de agosto de cada ano os Educadores (as) do Paraná paralisam as atividades e realizam uma caminhada rumo ao palácio do governo. Em 2013, ano que antecede as eleições estaduais o ato se reveste de um caráter ainda mais especial: mostrar aos governantes, e aos pré candidatos, que o lamentável ato cometido em 1988 em pleno governo do então senador Alvaro Dias, jamais volte a se repetir no Paraná ou em qualquer outro estado brasileiro. 

Entre os itens que serão encaminhados ao governo estão as seguintes reivindicações:
 
QFEB
Promoções e progressões em atraso desde julho de 2012
Total mensal: R$ 3.972,196,90 (incluindo o ProFuncionário em atraso)
Progressão de agosto de 2013
Devido a quem: 15.794 agentes educacionais
Total: R$ R$ 2.763.508,93
Enquadramento de 3,8%
Devido a quem: 17.862 agentes educacionais
Total: R$ R$ 1.495.513,78
Total mensal: R$ 8.231.219,50
Total geral acumulado (de julho de 2012 a agosto de 2013): R$ 26.535.802,39
QPM
Promoções e retificações de progressões em atraso desde julho de 2012 a agosto de 2013
Total mensal: R$ R$ 1.458.044,20
Promoção de PDE 2010
Total acumulado: R$ 6.741.925,28
Promoção de PDE titulados da turma de 2011 e 2012
Total acumulado: R$ 924.787,51
Total geral acumulado (de julho de 2012 a agosto de 2013): R$15.534.749,13
QFEB e QPM
Total devido ao QFEB e QPM relativo a avanços: R$ 42.070.551,52
QPM
Diferença, mensal, de 0,60% do Piso: R$ 1.700.000,00
Total de maio a agosto de 2013: R$ 6.800.000,00
TOTAL GERAL DA DÍVIDA COM OS EDUCADORES (AS).
R$ 48.870.551,52


Mais de 60 ônibus, micro-ônibus e vans trarão as dezenas de caravanas do interior do Estado para participar do ato em Curitiba, que tem concentração marcada para as 09h, na Praça Santos Andrade. Em Paranavaí, três ônibus levam os Professores para a grande mobilizaçao em Curitiba. 

"fazer uma mobilização histórica este ano para marcar os 25 anos do ‘Dia de Luto e de Luta’, como também para cobrar a resolução da nossa pauta, tanto dos professores e professoras, como dos funcionários e funcionárias, da ativa e aposentados”, afirma a presidenta da APP, professora Marlei Fernandes de Carvalho".

Nenhum comentário: