Apresentando

Apresentando
Apresentando os clássicos da Sociologia ao meu lado. Da esquerda para a direita: Karl Marx, Èmile Durkheim, Max Weber e Florestan Fernandes

terça-feira, 21 de junho de 2011

Sétimo aniversário da morte do saudoso Dr. Leonel Brizola

Faz exatamente sete anos que o Brasil perdeu um dos seus mais importantes expoentes da nossa nossa vida Política com "P" maiúsculo como acostumava dizer. O Dr. Leonel Brizola foi prefeito de Porto Alegre, Deputado Estadual e Governador do Rio Grande do Sul, Deputado Federal pelo Rio Grande do Sul e pelo extinto estado da Guanabara, e duas vezes Governador do Rio de Janeiro. 

Trecho abaixo retirado do  Blog do Edilson

Considerado o herdeiro político de Getúlio Vargas e de João Goulart, Leonel de Moura Brizola foi um dos mais destacados líderes nacionalistas do país. Foi prefeito de Porto Alegre, deputado estadual e governador do Rio Grande do Sul, deputado federal pelo Rio Grande do Sul e pelo extinto estado da  Guanabara, e duas vezes governador do Rio de Janeiro. Exerceu também a presidência de honra da  Internacional Socialista…
Sua influência política no Brasil durou aproximadamente cinquenta anos, inclusive enquanto exilado pelo Golpe Militar de 1964, contra o qual foi um dos líderes da resistência. Em 1961, ficou famoso pó ter liderado a Campanha da Legalidade para que João Goulart assumisse a presidência do país.
Por duas vezes foi candidato a presidente do Brasil pelo PDT, partido que fundou em 1980, não conseguindo se eleger. Ele faleceu aos 82 anos em um hospital do Rio de Janeiro, no dia 21 de junho de 2004 e foi sepultado em São Borja, onde também foi sepultada sua esposa Neusa Goulart Brizola.

Nenhum comentário: