Apresentando

Apresentando
Apresentando os clássicos da Sociologia ao meu lado. Da esquerda para a direita: Karl Marx, Èmile Durkheim, Max Weber e Florestan Fernandes

sábado, 28 de março de 2015

Número de filhos de beneficiários do Bolsa Família tem diminuído, diz pesquisa

PRECONCEITO
Os números de filhos até 14 anos por mulher, colhidos nas sucessivas edições da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad),  do IBGE, mostram que não passa de preconceito a visão de que as mães beneficiárias do Bolsa Família procuram ter mais filhos para receber mais dinheiro do governo. O pagamento por filho até 15 anos de idade é de R$ 35 mensais.
O valor pode chegar até R$ 77, no caso das famílias extremamente pobres, sem nenhuma renda. “Atribuem aos mais pobres um comportamento oportunista em relação à maternidade, como se essas mães fossem capazes de ter mais filhos em troca de dinheiro. Isso é puro preconceito”, analisa a ministra do  Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello.
“Quem diz isso não pensa quanto custa ter um filho. É óbvio que este valor não paga o leite da criança e as despesas que virão depois. Além disso, o preconceito parte do princípio de que o que move as pessoas para a maternidade ou a paternidade é apenas uma motivação financeira”. (...)
Matéria completa clique no site: BRASIL

2 comentários:

FABIANO FERREIRA disse...

Boa tarde prof. Carlos.
Gostaria de falar com você por telefone, para te fazer te convidar para ser colunista no Jornal que estarei implementando nos próximos dias.
Me liga, assim que puder,
Att,
Prof. Fabiano
99691822 Tim

FABIANO FERREIRA disse...

Boa tarde prof. Carlos.
Gostaria de falar com você por telefone, para te fazer te convidar para ser colunista no Jornal que estarei implementando nos próximos dias.
Me liga, assim que puder,
Att,
Prof. Fabiano
99691822 Tim