Apresentando

Apresentando
Apresentando os clássicos da Sociologia ao meu lado. Da esquerda para a direita: Karl Marx, Èmile Durkheim, Max Weber e Florestan Fernandes

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

7% do PIB para Educação é insuficiente, alerta CNTE

Nesta quarta-feira (16), o governo entrega ao Congresso Nacional o Plano Nacional de Educação (PNE), que prevê o investimento de 7% do PIB (Produto Interno Bruto) no setor. A verba do orçamento destinada à educação sobe apenas 0,2% ao ano – desde 2005. O presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), Roberto Franklin de Leão, considera a nova meta insuficiente para atender a demanda atual.
“Esse ritmo precisa ser aumentado se o país quiser, em um curto espaço de tempo, atingir o nível de outros países desenvolvidos quando se fala em educação. Eu considero bom, importante, mas a perspectiva do movimento social e dos trabalhadores em educação no Brasil é de um aumento para 10% do PIB e os 50% do fundo do pré-sal para a educação.”

Veja matéria na íntegra no site Rádio Agência.

Nenhum comentário: