Apresentando

Apresentando
Apresentando os clássicos da Sociologia ao meu lado. Da esquerda para a direita: Karl Marx, Èmile Durkheim, Max Weber e Florestan Fernandes

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Alguém muito especial precisa da sua ajuda!

                                                    
(Binho antes do acidente, sempre
muito sorridente.)

VALTER BUTI JUNIOR ( BINHO)
Feriado de 07 de setembro de 2006, os amigos e Valter e João Paulo  foram com a família a um sítio no Paraná. No dia seguinte, ao se deslocarem para a cidade mais próxima, Valter e João sofreram um acidente. Estavam  na rodovia entre as cidades de Guairaçá e Terra Rica, quando um  caminhão trafegando em sentido contrário, abriu o capô e o motorista, sem visão, invadiu a pista, colidindo bruscamente com o carro em que estavam. Foi grave, muito grave! Ambos passaram muitos dias no hospital e em coma. Ao despertar, João, se deparou com 36 fraturas distribuídas da cabeça aos pés, ainda hoje (2010) continua passando por cirurgias. Ficou neurologicamente comprometido; repetitivo, perdeu raciocínio  lógico e não conseguiu dar continuidade a faculdade de engenharia que cursava. Hoje caminha "bem" e consegue resolver-se no dia-a-dia.
Valter (Binho) já não teve a mesma sorte. Devido ao “efeito chicote” sofreu, traumatismo tronco-encefálico grave, com lesão axonal difusa (comprometimento das fibras nervosas, por ocasião da aceleração-desaceleração da cabeça), grau importante de hipóxia (falta de oxigenação) e várias seqüelas como: estrabismo do olho direito com dilatação de pupila, lentidão no piscar, movimentos primitivos como sucção, mastigação e bocejos), decorrentes das lesões cerebrais, conforme ressonância. Travou uma grande luta a favor da vida, impulsionando todos que o amam a não perderem a esperança e a investir continuamente, por sua recuperação.
“Binho” nasceu novamente. É um “bebe” no corpo de um lindo jovem, que, precisa evoluir e aprender tudo novamente: manter-se em pé, andar, alimentar-se, falar, raciocinar, expressar-se e essas re-aquisições são lentas e difíceis e dependem de muita ajuda, apoio e re-educação.
Além da medicação de controle contínuo, recebe tratamento domiciliar de fisioterapia, mas ainda apresenta espasticidade muscular considerável.  Não é possível determinar o seu nível de compreensão, mas observa-se que entende muito mais do que consegue responder de forma alternativa. Embora seu processo de deglutição tenha melhorado, já conseguindo, como treinamento, ingerir de maneira natural pequena quantidade, ainda depende de sonda gástrica para alimentação básica Sob indicação para que receba estimulação constante, diariamente a família procura aproximá-lo das coisas que mais gostava, como dos amigos, das músicas preferidas, vídeos, dvds, notícias, leitura de e-mails, clips,  futebol, passeios, dentre outros.
A família  tem buscado tratamentos em hospitais referenciados como na Rede SARAH de Hospitais de Reabilitação, AACD, dentre outros, porém para os recursos disponíveis no Brasil sua recuperação é limitada e em longo prazo, anos, talvez décadas... pois a interação de Binho com o meio ficou muito comprometida  Sua mãe (Dalva), uma lutadora incansável, depois de muita pesquisa e investigação encaminhou o caso em diversos hospitais e em diferentes países,   que fazem tratamento com células tronco  e na China, após análise de exames e informações complementares encaminhadas,  o caso do Valter foi aceito.
Durante as investigações, a família fez contato com diversos pacientes que passaram por problemas similares ao do “Binho” e que após o tratamento neste hospital, em pouco tempo, apresentaram recuperação surpreendente.
Sem os recursos necessários para o tratamento que inclui: transporte especial, intérprete (mandarim/ inglês), hospital, hospedagem e alimentação, a família e muitos amigos estão empenhados em colaborar para que o Valter possa viver e conviver novamente, com dignidade.
Para que isso aconteça será necessário contar com a contribuição de todos que sensibilizados, possam doar recursos para o tratamento do Valter.            
COMO COLABORAR? Via depósito bancário - VALTER BUTI JUNIOR
Banco do Brasil - AG: 0381 – 6 - C/C: 24.940-8 - Fone de contato: 44 9965 8441 - Paranavaí - Pr
ACESSE: http://www.onedayforlife.com
Há momentos na vida que é preciso parar e pensar, refletir sobre nossa existência e qual o nosso papel aqui neste mundo, mundo em constante transformação, e que exige a cada instante um gesto diferente. 
A vida em sociedade, não é algo fácil, mais pode facilitar quando exercemos a solidariedade, orgânica, comum entre os indivíduios de uma mesma sociedade, como dizia o grande Sociólogo Brasileiro Betinho: "solidariedade é a capacidade de compartilhar dos sofrimentos de outras pessoas, é o estado primordial do ser iluminado; não é vista como algo a ser construído ou conseguido, mas sim, como existente nos corações puros desde o início dos tempos".

HOSPITAL
CIDADE
R$ TRATAMENTO
PASSAGENS

Bethune International Peace Hospital

Shijiazhuang (próximo à Pequin)

33.800 dólares aproximadamente

R$ 77.000,00

Air China – Direto   Guarulhos/Pequim (ida e volta – R$ 9.920,91 (por pessoa)  X 3 =  R$   29.760,00

TOTAL
77.000,00
29.760,00

Nenhum comentário: